18 de fevereiro de 2008

Amazona

Amazona
Verdadeira guerreira
Corpo e personalidade
fortes
Forjada
à base
de muita porrada
que essa vida sofrida lhe deu
Sobreviveu
até aqui
não se sabe como
E eu nem sei bem o porquê

Amazona
Verdadeira guerreira
Deu sua alma de presente
pro primeiro diabo
que roubou teu coração
Descobriu, assim,
a fonte de toda a dor
Lutou
pra ter de volta
sua alma
e seu coração destroçado

Amazona
Verdadeira guerreira
Quando descobriu
que era a alma o teu pesar
já sabia o que fazer
Vendeu-a
E vendeu caro
Pro diabo mais trouxa e endinheirado que encontrou
Já não queria sentir mais dor
E não mais sentia
Nada

Amazona
Verdadeira guerreira
Luta
E já mais não foge
Já não tem medo
E, ainda assim,
vive
pra lutar mais outros dias
Sem se importar se vai morrer
dia desses

Amazona
Verdadeira guerreira
Insiste em viver
só pelo desafio da vida

7 comentários:

  1. Um texto no estilo de Chico, muito bom!

    bjs! Obrigada pela visita à casa da Atriz.

    ResponderExcluir
  2. Fallen Angel02/03/2008 22:58

    Curti, Fejones... Faz tempo que não passo aqui. Sumi completamente do mundo, mas ainda estou vivo... Eu acho.

    Bom saber que vc ainda escreve... Eu parei por enquanto. Só consigo escrever qdo tô mal. Vai entender...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. esse sim é um texto foda, hein?
    boa, jéffs

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito da repetição martelando e marcando o texto.

    Abs,
    REMO.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, Jeff!!!! Se fossem só os últimos quatro versos, eu diria que fizeste esse poema pra mim!!! Beijos mil!!!!

    ResponderExcluir
  6. fico feliz que tenhas gostado do poema... :]

    ResponderExcluir
  7. Uau..
    Que texto excelente.
    Muito duro, muito real.
    Gostei de conhecer.

    BeijoS.

    ResponderExcluir