11 de dezembro de 2006

Barreiras

Buenas pessoal!!

Antes do poema, quero deixar aqui um grande abraço para meu grande irmão Fejones, e valeu pelo convite para o blog!!!

E que eu faça por merecer, é claro hehe

------------------------------------------------

"As vezes penso que sei
qual seria o remédio
Talvez fosse alguma bebida
talvez... algum mistério?¿

Mas esbarro em barreiras
palavras que não querem ceder
me perco entre prédios
dia e noite sem perceber...

e minhas rimas são falhas
como a vida que estou a viver

mas as falhas são minhas
só minhas, coisas que fogem
correm do controle
nem mesmo eu (quem dera você) poderia vencer..."

12 comentários:

  1. Malditas barreiras...

    Excelente, meu caro!!!

    ResponderExcluir
  2. Um dia a gente ainda vence essa barreiras...
    Começou bem Andrew!

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que vc voltou, eu não queria tirar seu link do meu blog. Será que vc não entende como o Escuchame Porra!!! lá no meio dos links é importante?
    beijocas enormes e carinhosas

    ResponderExcluir
  4. Q ótimo reencontrar dois grandes amigos de uma vez.... Parabéns , andrew...

    Ainda que falhas (rimas perfeitas são tão chatas....), suas rimas careregam uma beleza e intensidade q poucos conseguem!!
    bjs e vcs dois botem este blog pra funcionar sempre, hein!!!

    ResponderExcluir
  5. Julliana Patricia11/12/2006 21:36

    mando bem Andrewwww...

    amei...

    ResponderExcluir
  6. Mandou bem msm Andrew.
    Mandou bem vc tb Fejones, por dar uma chance pro rapaz postar.
    Abracos !!!

    ResponderExcluir
  7. Barreiras sempre existirão para nos barrar. Nosso dever é não deixar de tentar vencê-las.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Maravilha! Descubra um Jefferson, e ganhe um Andrew de brinde!
    Ótimo poema!

    Um abraço,

    Fred

    ResponderExcluir
  9. Me pareceu pessimista, mas de pessimismo a realidade está cheia. Assim como de otimismo, a imaginação tmb.

    ResponderExcluir
  10. ah, meu caro, falhas todo mundo tem, são coisas do ser humano..

    já versos como esses, quisera eu ter!

    beijos

    ResponderExcluir
  11. Eeeeeeeepa... temos gente nova no ar!!!
    Seja bem vindo!

    E se as falhas são suas, só suas... de que interessa o controle? Entregue-se aos devaneios e sugue deles as melhores rimas...

    bjos meus.

    ResponderExcluir
  12. Fejones!

    passando pra dizer que tou escuchando, mas num sei oq comentar.

    [ ]s

    ResponderExcluir